BLOG

Lesões Genitais no Homem

15 abr

Lesões Genitais no Homem

 

Para saber sobre vagas disponíveis com UROLOGISTA, valores de consulta, nomes dos médicos acesse a AGENDA ONLINE.

Instruções de como utilizar a agenda online CLIQUE AQUI.

 

 

“- Surgiu algo estranho no meu pênis!

O pânico está instalado.

– Peguei uma doença venérea! O que faço?

– Será que já estava em mim? Será que eu peguei da fulana?

– Será que eu passei para alguém?”

 

Já passou ou está passando por essa situação?  O que fazer?

O diagnóstico correto da doença é a única forma de trazer a verdade, de pôr as cartas na mesa. Mas por quê a verdade é tão importante? Por quê não devemos omitir o diagnóstico dos envolvidos?

Porque, quando um portador de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) não é tratado, a cadeia de transmissão da doença não é bloqueada, ou seja, continuarão transmitindo a doença.

Entretanto, nem todas lesões nos genitais são DST. Exitem doenças que se manifestam com lesões nos genitais e não são contraídas através do sexo.

Assim como existem DST que NÃO se manifestam com lesões nos genitais e, portanto, seu diagnóstico é feito de outra forma, através de sorologias ou de investigação de outros sintomas.

 

Como funciona uma consulta médica para avaliação de uma lesão genital?

 

O médico, inicialmente, fará uma entrevista onde perguntará sobre características da lesão, tempo de surgimento, intervalo entre a exposição sexual e o surgimento da lesão, sobre antecedentes de doenças e lesões já tratadas, sobre os hábitos e parceiros sexuais. A seguir, fará o exame físico que consiste na inspeção e na palpação da lesão, assim como avaliação do restante do genital e pesquisa de linfonodos na região inguinal.

As doenças podem se manifestar de 5 formas principais: manchas (inclui vermelhidão), úlceras, vesículas, tumorações (inclui verrugas) e corrimentos.

Dentro dessas apresentações, o médico irá fazer os diagnósticos diferenciais a partir das características específicas de cada doença, podendo lançar mão de exames laboratoriais.

Além do diagnóstico da doença em questão e seu respectivo tratamento, o médico fará um rastreamento para outras doenças comuns de serem transmitidas pelo sexo, mas que podem ser assintomáticas. São elas o HIV, a sífilis, a hepatite B e a hepatite C.

 

Quais são as principais doenças que comprometem o genital masculino? Como se apresentam?

 

Seguem as mais comuns:

  • Condiloma acuminado: causada pelo vírus Papilomavírus Humano (HPV), manifesta-se como verrugas;
  • Sífilis primária: também conhecida como cancro duro, causada pelo Treponema pallidum, manifesta-se como úlceras genitais;
  • Uretrite gonocóccica: também conhecida como gonorréia, causada pela Neisseria gonorrhoeae, manifesta-se como corrimento purulento pela uretra;
  • Herpes genital: causada pelo vírus Herpes simples, manifesta-se como úlceras precedidas de vesículas;
  • Balanopostite por fungos: causada por fungos, como por exemplo a Candida sp., manifesta-se com vermelhidão na glande e parte interna do prepúcio;
  • Cancro mole: causada pelo Haemophilus ducreyi, manifesta-se como úlceras genitais;
  • Uretrite não gonocóccica: causada por algumas bactérias, principalmente Chlamydia trachomatis, manifesta-se como corrimento uretral.

 

Qual médico devo procurar em caso de surgimento de uma lesão no genital?

 

O especialista em doenças no genital masculino é o Urologista. Mas alguns outros especialistas também tratam lesões genitais, como o Infectologista, que é especialista em doenças infecto-contagiosas, e o Dermatologista, que é especialista em doenças da pele e mucosas.

 

Passo a Passo do Paciente com Lesão no Genital

 

1° ⇒ Diagnóstico Correto Com o Especialista

2°  Tratamento da Doença

3°  Rastreamento de DST assintomáticas

4° ⇒ Aconselhamento e Tratamento da parceira sexual (“Quebrar a Cadeia de Transmissão”)

 

Links relacionados ao assunto:

Como saber sobre vagas para consulta, valores, médicos disponíveis?

O que trata o urologista?

O que trata o infectologista?

O que trata o dermatologista?